segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Ainda Bernardo Silva


Tenho lido e ouvido muitas opiniões sobre a venda de Bernardo Silva ao Mónaco. Umas mais racionais e lúcidas, poucas, outras mais absurdas, a grande maioria. Todos aqueles que opinam que o “miúdo” foi mal vendido nunca tiveram responsabilidades de gestão de nenhuma pequena empresa. Já nem sequer me atrevo a dizer média empresa. Na verdade, ninguém sabe o que será o Bernardo Silva no futuro. Pode ser um jogador a valer 50 milhões? Pode, mas também pode ser um jogador a valer 3 ou 4, ou não valer nada. O Benfica fez o que tinha a fazer, transferiu o risco do futuro para o Mónaco e, entretanto, arrecadou quase 16 milhões de euros.

Nélson Oliveira é um hoje um jogador “arrumado”, já passou por vários clubes e nesses vários clubes provou muito pouco. Lembro-me de há 3 anos o Benfica ter recusado 6 milhões por ele. Nunca mais os vai ver, tudo em nome de um futuro que não se confirmou. O mesmo poderia dizer de Roderick, André Carvalhas ou Leandro Pimenta…

Venham mais 15 milhões por João Cancelo ou Ivan Cavaleiro, e todos os que não percebem a razão destas vendas o melhor é continuarem a trabalhar por conta de outrem e nunca abrirem uma empresa. Este conselho ainda é gratuito.

2 comentários: